Dos Pés Ao Léu

Um convite a decolagem do olhar.

 

O projeto "Dos Pés ao Léu " é composto por uma série de imagens produzidas a partir de uma técnica fotográfica desenvolvida pela bailarina e artista visual Andréa Barbour.

Se trata de prolongar a paisagem capturando a “cena” – de baixo para cima – usando o modo panorâmico da câmera do celular, onde o movimento do clique se inicia nos “pés” e alcança o “léu”, infinito da paisagem. Ao se expandir junto a sua pesquisa corpórea como bailarina a lente fotográfica passa a ter um corpo e um movimento que se assimilam a um corpo que dança, dando origem ao que a autora chama de fotografia dançada. 

A fotografia "Dos Pés ao Léu", é resultado de suas pesquisas sobre o corpo no espaço e propõe a intervenção dela própria na cena, performaticamente, ressignificando o contexto "Selfie".

Este corpo que ocupa e reorganiza o espaço ao seu redor, propõe um novo olhar, uma nova postura de pensar e compor uma imagem final distinta do que vem sendo criado com a fotografia de celular até então, no sentido de amplificar o olhar e o próprio corpo que clica.

 

A fotografia de Andréa não somente inverte a cena conduzindo a uma radical verticalidade do horizonte, mas pelo amplo movimento dos braços, que como em sua dança, promove uma totalmente nova ocupação do espaço, e propõe uma postura autoral do fotógrafo que se auto retrata rasgando da realidade uma fatia que engole o mundo "Dos Pés até o Léu !

 

A acervo  apresenta fotografias clicadas em 6 países diferentes: Índia, França, Holanda, Irlanda, Chile e diversos Estados do Brasil: São Paulo, Bahia, Amapá entre outros. 

A seguir alguns exemplos das fotografias Dos Pés Ao Léu:

(clique na imagem para visualiza-la por inteiro)

O LIVRO Dos Pés Ao Léu"

a soma da fotografia dançada e a poesia concisa

O projeto do Livro Dos Pés Ao Léu aconteceu com a intersecção entre essa pesquisa da bailarina Andréa Barbour e da escritora Maíra Viana. É a materialização do encontro entre o texto literário conciso e a fotografia dançada.

 

A pesquisa literária: Acompanhando a contemporaneidade da vida cercada pelas facilidades da tecnologia onde tudo é rápido e imagético, Maíra começou a experimentar uma versão-telegrama de seus textos e poesias. A ideia era praticar o exercício da concisão e fazer com que todo o sentimento grafado se resumisse em poucas frases com toda a força que a sua literatura expõe.

 

A pesquisa fotográfica: Enquanto isso Andrea Barbour desenvolvia uma técnica fotográfica que prolonga a paisagem e a captura na vertical, ao aprofundar seu método a partir da sua vivência com a dança as imagens passaram a ganhar passo e gesto bailado. O resultado é uma série de fotografias cujas sensações convidam o espectador a uma decolagem do olhar, onde a lente passa a ter um corpo e um movimento que se assimilam a um corpo que dança.

 

O projeto: E quando pensamos em somar os nossos estudos, o resultado surpreendeu! Foi quando vimos que havíamos criado uma peça gráfica única e singular: o poema fotográfico. O sentimento das palavras grafado de maneira complementar e harmoniosa na fotografia vertical bailada. E daí veio a necessidade e o desejo de levar a público essa experimentação, retirar esse trabalho do mundo digital para levar para o mundo físico porque a nossa pesquisa não é digital, ela é física!

 

Os outros produtos: cartazes e marcadores de livro com fotografias selecionadas e quadros das peças foto-poemas impressas em acrílico. 

 

Este projeto teve o seu financiamento coletivo alcançado com sucesso através da plataforma Catarse e foi lançado em dezembro de 2015.

 

Conteúdo completo do livro :

- Prefácio de Fernando Anitelli (O Teatro Mágico)

- 27 foto-poemas que contemplam 6 diferentes países

- Manual de instruções de como fazer uma fotografia "Dos Pés Ao Léu"

- Parte interativa onde o leitor tem espaço para fotografar a partir de 3 poemas e outro espaço reservado para o leitor escrever a partir de 3 fotografias sugeridas.

- Agradecimento para as 270 pessoas que contribuiram no catarse

- Explicação de como surgiu o projeto, desafios e sucessos.

- Bio sobre as autoras

Ficha Técnica:

Fotografias: Andréa Barbour

Textos: Maíra Viana
Projeto Gráfico: studio kaju.ink

Diagramação criativa e ilustração: Kalina Juzwiak (kaju).

A capa fechada tem 150x300mm, impressa em 4x0 cores em papel cartão-triplex 350g/m2 com laminação fosca.

As páginas do miolo tem 150x300mm, impressas em 4x4 cores, em papel couchê fosco 170g/m2.

Foi impresso no Brasil pela MS editora e gráfica.

capa

verso

manual

agradecimentos ao que contribuiram

autoras

Poster Composição de Escadas - tamanho A3

Fotos do lançamento do livro com exposição das peças gráficas.

DSC_4927

DSC_5077

DSC_5108

DSC_5093

DSC_5110

DSC_5030

Oficinas e propostas práticas

A oficina é dividida em 3 momentos -

1. Introdução dinâmica e resumida sobre noções de fotografia e como isso acontece nos aparelhos de celular. 

2. Introdução teórica da técnica “Dos Pés Ao Léu”.

3. Parte prática: Os participantes sairão caminhando pela feira para realizarem seus cliques orientados pela artista. Momento de tirar dúvidas,

Ao final, todos recebem um exemplar do livro fotográfico “Dos Pés Ao Léu impresso, com fotografias clicadas pela artista em 6 países diferentes se utilizando da técnica. Nele os participantes encontrarão um capítulo com todas as especificações técnicas do que foi aprendido na oficina, curiosidades adicionais e um espaço interativo para preencher com as próprias fotografias criadas por eles.

VENTRE ATELÊ

CNPJ 30.559.854/0001-73 

 

  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa
  • Vimeo limpo
  • Flickr limpo
  • Pinterest limpo

©© Creative Commons

por Andrea Barbour  2014