Uma cena tecida de várias memórias, cheias de nó, cheias de nós.

Nó, um laço apertado feito por fios, é vínculos e também impedimento. Nö, que em Húngaro significa mulher.

Projeto contemplado pelo Proac 11/2016 (Montagem e/ou circulação de espetáculo circense).

Ficha técnica:
Concepção e direção: Núcleo Desastre
Criação e interpretação:

Andréa Barbour, Bárbara Francesquine, Luara Bolandini, Luli Guimarães, Maria Carolina Oliveira e Mariana Duarte.
Concepção de figurinos: Luli Guimarães
Tema original e edição da trilha: Mariá Portugal
Desenho e operação de luz: Karine Spuri
Design: Fernando Sciarra
Registro Fotográfico: Jerê Nunes e Rafael Dutra